Máquina


O que de fato estamos a vivermos? Na vida sempre encontraremos suspenses, e a cada segundo, em cada minutos, nos transformamos em máquinas, não que sejamos máquinas, mas, ganhamos gestos, formas, nos transformamos em máquinas, em uma era tecnológica.
  A tecnologia em que vivemos, completamente avançada, hoje em dia nos comunicamos a quilômetros de distâncias, por telefone, celular, pela internet, etc, etc, etc.

 

   Andamos correndo, vivemos correndo, mal nos alimentamos, não cuidamos da nossa saúde, os alimentos do mercado nos mata aos poucos, buscamos respirar este ar poluído, pela inconsciência, e ganância humana.
   A política nos matou, o quanto o ser humano pode explorar o outro? O quanto uma pessoas pode querer ganhar em cima do outro, “montar”? E fica o grito, sem voz da sociedade, que se esconde por entre gelo (a nossa sociedade tem medo).
   Eles querem nos transformarem em máquinas, máquinas, controladas, e manipuladas, induzidas, com consciência matada, sem raciocínio. Nos tornamos máquinas, presos ao trabalho, preso ao capitalismo, preso ao sistema, preso ao estado, máquinas operadas pelos governantes, manobradas pelas constituições, enganadas, mortas. E fica o nosso ser buscando viver, um dia a máquina deixará de ser máquina?

 

   Somos humano? Somos! Somos humanos rotulados, marcados, pelos partidos, pelos comerciais, induzidos. Somos seres humanos necessitados de suprir as nossas necessidades, muitas das vezes numa forma egocêntrica, e outras, numa forma destruidora.
   Nos tornamos ser humano máquinas, ser humano em disputas uns com os outros, vivemos em um duelo.

 

   Mas, somos humanos? Somos, somos humanos necessitados de reflexões, necessitado de estudos, necessitados de desenvolvimento, necessitado de tudo aquilo, que os “seres superiores”, nos querem ocultar…
Valter Bitencourt Júnior

Publicado por Valter Bitencourt Júnior

Valter Bitencourt Júnior, nasceu em Salvador, Bahia, Brasil, em 25 de junho de 1994, é anarquista, poeta e escritor brasileiro.

3 comentários em “Máquina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: