Não existe voto certo


Muitas das vezes a gente dar a oportunidade a outra pessoa, para que ela faça pela gente o que a gente pode fazer. Votar é depositar a confiança no outro, de que ele fará algo por “nós”, depositar a confiança no outro é correr o risco de se decepcionar.

Não existe voto certo, até porque votamos em quem acreditamos que vai fazer algo por “nós”; a nossa escolha é dividida, cada um acredita em alguém, vence a maioria, logo a maioria torceu e acreditou que votou certo. A gente vota pelo o que nos propõem, e pelo o que acreditamos que fazem por “nós”.

Somos  tapiados em todas as formas, o pouco que fazem, muito tiram da gente. Pagamos imposto, e acreditamos que se ele faz, é porque, tiveram a sensibilidade de fazer, quando na verdade, não deixa de ser uma obrigação deles.

Quem sustenta o plenário é o povo, o povo que sustenta o plenário através do trabalho e o pagamento do imposto. Marginalizam aqueles  que não pagam o imposto, mas não marginalizam aqueles que sobrevivem através dos que pagam imposto, assim muitas das vezes desviando dinheiro do cofre público.

Se nos enganam, nos enganam pelo fato de ainda depositarmos confiança no sistema, por ainda alimentarmos o capitalimos, por mantermos de pé o Estado. E o voto é apenas mais uma ilusão, que tem se tornado em um direito nosso, para que acreditemos que um dia colocaremos uma pessoa certa na presidência.

Para que acreditemos que ainda vamos encontrar um vereador, senador, deputado, governador – “certo”. Para que acreditemos que vamos encontrar alguém que trabalhe pela gente, quanto cruzamos os braços e assim nos conformando com o que nos oferecem.

Visita ao Sr. José Antônio


  Hoje, 26 de maio de 2018, sábado, estive pela tarde  na casa de Sr. José Antônio, na Palestina, às 14:15, ele estava assistindo o jornal, no jornal estava passando sobre a greve dos caminhoneiros.

  Começamos a conversarmos sobre a greve dos caminhoneiros, com relação a  posição do governo, que sequer veio a mostrar a competência, quanto presidente, não mostrou uma proposta que venha a ser plausível, para que o caso seja solucionado.

   A tentativa de oprimir os manifestantes sempre se faz presente. Para o presidente Michel Temer, tem empresários por traz de  toda a greve, que vem acontecendo em todo o Brasil, e foi decretado a prisão de 20 empresários, neste mesmo dia.

   Discutimos também a questão do aumento da gasolina, e do óleo diesel, e também a falta de ambos devido a paralisação de algumas vias, provocadas devido a greve dos caminhoneiros, a falta de alimentos nas feiras e nos mercados, e também o aumento das mercadorias.

  Foi uma tarde e tanta, então me despedir, às 16:00, e ficamos para nos vermos na prefeitura do bairro da Valéria, quarta-feira, às 1:00, da tarde, para irmos junto com o pessoal, numa combe, para uma escola municipal, na Lagoa da Paixão, onde vai ter alguns projetos de grafite, promovido pela Gregório de Matos (Segundo Sr. José Antônio, que tem me feito o convite).

A vida


Meu amor acordou de braços abertos
E eu abracei-me, sem mais
E nem menos. Meu amor
Assobiou em minha audição,
E me fez respirar o aroma
Das flores – Carpe Diem!
Sorri para as árvores.
Distante as crianças
Brincavam na praça,
Senhores de idade se balançavam
Na balança e se declaravam
Um para o outro:
“- Eu te amo!”
“- Não mais o quanto
Eu amo você”,
Eu caminhei apaixonado,
O cachorro vinha sorridente,
E eu com medo feito bobo,
Descobrir que os cachorros
São amigos.
Os jovens namoram através
Das redes sociais,
E eu passei com o meu amor
As folhas ganharam formas,
O branco ganhava cor,
E foi se tornando em obra,
Nunca pensei que um dia
Iria admirar o meu amor,
Meu amor resolveu zombar
De mim, não vivo mais
Sem o meu amor.

O meu amor, eu vi, e sempre
Vejo ao olhar no espelho.

Amor é liberdade


Sim! Amor é liberdade, e cada um vai ter a sua interpretação, não adianta amar e não ser livre, não ter a liberdade de escolha. Todo ser humano deveria ter o direito de escolha, seja qual for a sexualidade, etnia… Para o amor não deveria existir barreiras! E todos falam de amor, e nem todos amam na mesma forma que falam que amam. Amar é se doar a vida, e são poucos que se doam a vida, até porque se doar a vida é se libertar para o que pode está por vir. Temos por nossa volta o preconceito, o do ódio… pessoas que buscam ser maior que o outra. O ego mata o que há de mais nobre, mata o sentimento que há dentro de si, a maneira de enxergar o outro muda, o ego é a vaidade que carregamos dentro de cada um de nós, muitas das vezes querendo ser superior a tudo e a todos. Quem ama tem de perder o ego ao longo do tempo, e ganhar a liberdade. Libertar-se é aprender a amar a vida, nem sempre como ela é, ou como deve ser, é quebrar barreiras, e germinar o que pregamos em palavras, amor, e amor é liberdade.

valter_bitencourt_amor_e_liberdade_lw4o8qp.jpg

Amizade


Sempre estive com você
Mesmo quando distante,
Quem sabe o Monte Evereste
Seja menor que a nossa amizade.
A vida é bela, Deus, homem
Sábio, criou “amigo”,
Para que tenhamos a quem contar
Nos momentos difíceis.
E a amizade é isso,
Um tesouro abandonado
Somente tem valor se lapidado,
O mesmo é uma amizade
Que masce, cresce e se torna
Inesquecível.
Quem sabe seja você
Um grande amigo,
Amizade sempre é amizade,
Não morre, briga, mas sempre
Continua viva,
Brinca, chora, sorrir…
Amizade sempre é amizade.

E o Monte Evereste é pequeno
Diante a nossa amizade!
E o bom é que não necessitamos cobrar
Um do outro, e muito menos
Provar…

images.jpeg

%d blogueiros gostam disto: