São mais ou menos 32 milhões de crianças afetadas pela pobreza no Brasil


     Estou puto com essa notícia, assim quando abrir o link do site, no G1 – Portal de Notícias da Globo, veio-me por dentro uma grande indignação, 6 em cada 10 crianças e adolescentes vivem, vivem na pobreza no Brasil. Uma notícia divulgada pelo G1, em base de uma pesquisa da Unicef.

   Imagine você, se a gente fazer uma peaquisa, juntando adultos e senhores de idades, que se encontram numa situação precária em nosso país? O desemprego que vem batendo na porta dos brasileiros, o aumento da pobreza a cada dia se tornando mais e mais gritante!

    E quem sofre é toda uma sociedade que não tem culpa, das ambições de seus governantes. Governantes que querem tirar os direitos dos trabalhadores, ministros que aumentam os seus próprios salários… Se sustentam graças a pobreza e o sofrimento da sociedade menos favorecida. Um Estado criado de cima  para baixo, e não de baixo para cima.

    Eles não ligam para o sofrimento das crianças, eles não se importam com o sofrimento da sociedade. 61% das crianças são afetadas pela pobreza, que país é esse? (como dizia o Renato Russo).

   Enquanto isso, querem fazer reformas e acabar com o povo, querem fazer privatizações, e mais privatizações, porque pouco se importam com a sociedade, pouco se importam com os menos favorecidos.

    Hoje vemos candidatos à presidencia, doentios, querendo acabar com os direitos dos trabalhadores. Candidatos que se reunem com empresários, para engrandecer os empresários, dizendo que buscará meios de melhorar a economia do país, eles pouco se importam com a sociedade, eles não falam de economia para a sociedade, eles não falam de empreendedorismo, para a sociedade, porque eles não formam a sociedade para compreender isso.

   32 milhões de crianças não tem renda o suficiente para comprar uma sexta básica. Estamos falando de crianças, se elas se encontram nessa condição, imagine os adultos, até porque sabemos que existe muitas crianças abandonadas, da mesma forma que existe muitas famílias que passam fome. Diante a um trabalho informal, que a cada dia vem crescendo, no Brasil.

images.jpeg

 

Publicado por Valter Bitencourt Júnior

Valter Bitencourt Júnior, nasceu em Salvador, Bahia, Brasil, em 25 de junho de 1994, é anarquista, poeta e escritor brasileiro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: