Viva o mestre Paulo Freire!


A sociedade brasileira tem que se orgulhar dessa grande figura que foi o Paulo Freire, imaginar uma pessoa sendo presa por ensinar os adultos a ler e escrever, não apenas a ler e escrever, quanto a arte de pensar e enxergar o que se passa por volta.

Acordei lembrando do cearense Antônio Fernandes Mendes (Quixeramobim/CE, 1936-2015, Salvador/BA), também uma das vítimas da ditadura militar, sempre quando vejo falarem de Paulo Freire eu lembro desse grande amigo, que passou a morar aqui na Bahia, nos meados da década de 70. Antônio, dava aula aos trabalhadores camponeses fazendo uso do método Paulo Freire, de forma clandestina, no Ceará.

Publicado por Valter Bitencourt Júnior

Valter Bitencourt Júnior, nasceu em Salvador, Bahia, Brasil, em 25 de junho de 1994, é anarquista, poeta e escritor brasileiro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: