Vacinem-se!


Eu não sou do tipo de pessoa que comemora a morte “do outro”, por mais canalha que esse outro seja. Muitos esperam vim o pior para depois acreditar no que tanto nega, e, quem sabe esse foi o caso de Olavo de Carvalho e de muitos outros.

Há quem diga que o tiro saiu pela culatra, pois é, quanto custa a vida de um negacionista? O negacionismo matou muita gente, quanto a isso não temos dúvida alguma. Mesmo com a morte de milhares de pessoas por dia, em diversas parte do mundo, há quem diga que não existe o COVID-19, muitos querem apontar a pandemia como algo criado pela mídia para meter medo na sociedade.

Há quem lute contra a vacina, quanto ao WhatsApp? Continuam espalhando milhares de notícias falsas 24h, por dia. Os antivacina estão aí, lutando para que as pessoas não tomem a vacina, jogando a culpa da pandemia na esquerda, no comunismo, no socialismo… Religiosos pregando aos fiéis para que não se vacinem, porque para eles quem cura é “Deus” e o homem não pode intervir na ação de “Deus”.

Tudo que é tipo de baboseira correndo céu aberto pela internet e fora da internet também.

A vacina é o único meio correto para conter a pandemia, vacinar-se é mais que necessário, seja lá quantas vezes for necessário, vacinem-se. Que os pais e as mães levem os seus filhos e filhas para tomarem a vacina, pois criança saudável é criança vacinada e imunizada, quanto a isso não temos dúvida alguma.

Olavo de Carvalho. (Imagem da internet)

Autor: Valter Bitencourt Júnior

Valter Bitencourt Júnior, nasceu em Salvador, Bahia, Brasil, em 25 de junho de 1994, é anarquista, blogueiro, streamer/influencer, poeta e escritor brasileiro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: