15 de novembro: bate-papo e autógrafos de “Crônicas para ler em qualquer lugar” (editora Todavia), Sertão Japão (haicais), Big Jato (Companhia das Letras)


Xico Sá

olá amigos & leitores da grande Aracaju, estamos chegando para o fuá literário, com bate-papo e autógrafos de “Crônicas para ler em qualquer lugar” (editora Todavia), Sertão Japão (haicais), Big Jato (Companhia das Letras) etc. É nesta sexta do feriado, 15/11, 15h, no Festival de Artes de São Cristóvão. beijoss Via: Xico Sá

Numa época difícil o jornal “O Inimigo do Rei” fez muita história aqui na Bahia e em várias localidades do Brasil


Numa época difícil, o jornal O Inimigo do Rei, fez muita história aqui na Bahia e em várias localidades do Brasil. Quem imaginaria 4.000 exemplares sendo vendido, jornal com conteúdo anarquista, libertário, onde muitos publicavam de forma livre as suas ideias. Quem não ouviu falar agora está ouvindo, isso desperta a curiosidade de quem estuda história, de quem gosta de adquirir conhecimento!

O Inimigo do Rei

O Inimigo do Rei

Caneta Azul é a Música Que Vem Causando Inveja a Milhares de Artistas


Manoel Gomes

Manoel Gomes, autor da música “Caneta azul”, imagem tirada da internet.

Quem imaginaria que um vigilante conseguiria alcançar milhares de acessos, com uma música em que muitos acreditavam que jamais faria sucesso, quem sabe o humor muito tem ajudado, ou a zoeira, os memes  criados a partir da letra “Caneta Azul” contribuiu para que Manoel Gomes, passasse a ficar conhecido por milhares de brasileiros.

O Fabrício Carpinejar, publicou um texto muito bom na página oficial dele, com o título “O sucesso de cante azul é bullying”, as pessoas gostam de rir do outro, e isso muito tem ajudado para que o vídeo de Manoel Gomes acabasse se espalhando pelas redes sociais. E isso causa muita inveja nos artistas que passam boa parte da vida produzindo canções com letra, melodia, ritmo… mas, não consegue alcançar um grande público com o que vem produzindo.

As pessoas estão fugindo de tudo aquilo que é sério, elas querem rir, querem brincar e quem sabe zoar com o próximo ou consigo mesmo, diante ao que vem se passando em nosso país, o humor também tem o seu lado positivo. O bullying, não é brincadeira, e saber lutar contra o bullying é quebrar as barreiras, tudo o que parecia ridículo para alguns, acabou se tornando em algo incrível, e ao mesmo tempo admirável.

Manoel Dias, ganhou o seu momento de fama, hoje eu fui na casa de um amigo e ouvi um cantor da banda Lambasaia, cantando a música “Caneta azul”, pessoas ouvindo na maior zoeira, bebendo, comendo, rindo, se divertindo (algo que as pessoas não deixam de fazer mesmo em tempo de crise, desemprego e vários outros problemas do dia-a-dia, as pessoas sempre estão buscando formas de se divertir).

Lembrei do MC Beijinho, e da música “Me libera nega”, foi a história de um artista preso, que por sua vez ganhou uma grande repercussão, mostrou-se uma pessoa cheia de sonhos, com muitas outras músicas escritas, mas que não teve a mesma repercussão que a música “Me libera nega”, o MC Beijinho, teve o seu momento de fama, hoje em dia é raro a gente vê o nome dele sendo citado nas rádios, rede de televisão e até nas redes sociais.

O problema de toda essa fama, é que ela vem e depois vai embora e o artista muitas das vezes acaba ficando no anonimato.

Isso mostra também, que produzir arte em nosso país, pode até ser uma tarefa fácil, difícil mesmo é ser reconhecido e se manter no auge.

 

Amor!


Alçar um voo,
E perder-se na plenitude…
Asas que podem quebrar,
E tudo vai descendo
Os céus desabam;
As nuvens descem pelas colinas,
Meu coração canta a aurora,
Cadê você minha menina?
Os montes que construí
tentei traçar nós dois
Tracei a vida de uma vida
Tracei um amor de um amor…
Ah! tudo desaba!!!

Como se tudo fosse normal: “o porteiro mentiu”


Acusações sérias são dadas por um porteiro, de que os assassinos que mataram a Marielle Franco e o motorista Anderson, foram até o condomínio de Bolsonaro e pediram para falar com ele, a notícia é dada pelo Jornal Nacional, para algumas pessoas não foi uma notícia estranha, já que muitos acreditam que o assassinato de Marielle Franco e do motorista Anderson, tem envolvimento de gente da família Bolsonaro.

Bolsonaro, por vez dele faz algumas transmissões ao vivo, e fala que querem incriminar os filhos dele, sendo que não houve nenhuma acusação contra os filhos dele. Isso fez com que nasça mais uma dúvida, as falas de Bolsonaro apenas gera dúvidas, ele apenas tem mostrado o quanto tem se desequilibrado.

Imaginem se o Jornal Nacional estivesse noticiado que os mandantes do assassinato de Marielle Franco, foi Bolsonaro e seus filhos, ai sim, que o Jornal Nacional estaria agindo errado, até porque eles não podem afirmar nada. O que os jornalistas do Jornal Nacional fizeram, foi prestação de serviço, eles noticiaram o que o porteiro relatou.

Pensou que não chega uma nova notícia “o porteiro mentiu”, simplesmente isso, como se fosse algo normal, o porteiro mentiu (ponto). Não assassinaram o porteiro, mas deram um basta nas palavras do porteiro, o porteiro deixou de existir? palavra que predominou foi “mentiu”, uma notícia dada como se quisesse dizer “simplesmente mentiu, sem mais e nem menos”.

Valter Bitencourt Júnior: Tudo Pode Explodir a Qualquer Momento


A sociedade está a cada dia se dividindo mais e mais, muitos estão com medo do que vem se passando em nosso país, estamos vivendo por entre as discórdias. Nada quer se encaixar, direita x esquerda, esquerda x direita, e tudo isso apenas fortalece o Estado opressor.

Quem fábrica o caos na sociedade é o próprio sistema em que vivemos, porque o sistema brinca com a sociedade, tem que existir pessoas que lutem uma contra a outra, tem que existir pessoas que alimentem o jogo de xadrez do Estado. E os governantes por sua vez, querem mostrar o quanto são autoritários, querem mostrar o quanto manda e desmanda e que a sociedade por sua vez tem de obedecer através do medo.

A sociedade está com medo até de gente dela mesma, a sociedade também exclui gente dela, a sociedade também marginaliza da mesma forma que o Estado e o Estado por sua vez faz uso disso. A sociedade muitas das vezes aplaudem os opressores, a sociedade também se encontra subordinada ao sistema em que vive, sabe que tem de trabalhar para pagar imposto, tem que trabalhar para comprar o que comer, o de vestir, para pagar a conta de energia e a água.

Não se sabe mais em quem confiar, muita gente vem lutando contra os próprios direitos, estão lutando por uma nova ditadura em nosso país, tem gente lutando pela volta da censura, tem gente lutando por um governo mais autoritário, que diz pregar o bem familiar, que se diz patriota e nacionalista, tem gente lutando por um governo fascista, que fala o que pensa e faz o que quer mesmo que venha prejudicar a sociedade.

Não é estranho que haja pessoas aplaudindo a fala de Eduardo Bolsonaro, tem gente querendo um novo AI-5, querem nos enganar em tudo que é forma.

Querem camuflar a história, e fazer com que a gente acredite que grandes movimentos sociais foi conduzida por vândalos, marginais que lutavam contra o sistema em busca de tomar o poder. Querem vendar os nossos olhos e nos fazer acreditar que o que vem acontecendo no Chile, se trata de um golpe, o Estado marginaliza os movimentos sociais e tem gente da sociedade que vem fazendo o mesmo.

A luta social é forte, quando ela se une para derrubar um ou mais governo, fica difícil de segurar, e isso significa que se trata de muitas humilhações, de muitos descasos do governo para com a sociedade, chega um tempo que a sociedade explode e o que reta muitas das vezes é a barbárie.

Se o que vem se passando no Chile acontecer no Brasil, essa luta não vai pertencer apenas a esquerda e muito menos a direita, essa luta vai pertencer a toda sociedade, que luta pelos seus direitos trabalhistas, que luta pela educação, saúde pública. Essa luta vai pertencer a toda uma sociedade que luta contra o governo opressor, que luta contra o discurso de ódio e o preconceito, que luta contra o extermínio de crianças e adolescentes.

E a sociedade a cada dia vem se dividindo, isso também é um grande problema social, não se tem mais em quem confiar, mal estamos tendo para onde correr, e tudo pode explodir a qualquer momento.

Google Faz Homenagem a Carlos Drummond de Andrade


Hoje eu acordei, abri as redes sociais, e resolvi fazer algumas pesquisas na Google, e vi uma grande homenagem ao mestre Carlos Drummond de Andrade. Carlos Drummond de Andrade, nasceu em Itabira, Minas Gerais, em 31 de outubro de 1902 e faleceu no Rio de Janeiro, em 17 de agosto de 1987. Seu livro de estreia foi publicada em 1930, com o titulo Alguma Poesia. Suas principais obras são A Rosa do Povo, Sentimento do Mundo, Claro Enigma. Carlos Drummond de Andrade, fez parte do movimento literário Modernismo.

Uma das poesias de Carlos Drummond de Andrade, que muito tem causado polêmica nos meios literários foi a poesia “No meio do Caminho“:

No meio do caminho tinha uma pedra 
tinha uma pedra no meio do caminho 
tinha uma pedra 
no meio do caminho tinha uma pedra. 

Nunca me esquecerei desse acontecimento 
na vida de minhas retinas tão fatigadas. 
Nunca me esquecerei que no meio do caminho 
tinha uma pedra 
tinha uma pedra no meio do caminho 
no meio do caminho tinha uma pedra

Carlos Drummond de Andrade

Google homenageia o poeta Carlos Drummond de Andrade.

74 Anos: Lula Continua Nos Surpreendendo


Se a gente voltar ao tempo, algo que muita gente em épocas atrás jamais imaginária, é que um dia um operário e sindicalista iria assumir a presidência do nosso país. O Lula, é um homem de história, um homem que também muito tem lutado para conseguir vencer na vida. Mas, não é sobre isso que eu quero abordar no momento.

Eu quero parabenizo o ex-presidente Lula, não apenas por hoje ser o aniversário dele ou por uma questão política que eu vou parabenizá-lo, mas pelo exemplo de ser humano que ele veio demonstrando ser.

Tentando provar a própria inocência, o Lula conseguiu mostrar o quanto ele é mérito de respeito, assim ganhando mais ainda o carinho e o amor de milhares de pessoas.

Acredito que a palavra de Lula que vai ficar para a história é:

“Não troco minha dignidade pela minha liberdade.” – Luiz Inácio Lula da Silva


Sua camisa preta
Não tem a constelação
Bem que deveria ter,
Mas, não tem…
Dentro do seu ser
Contém estrela,
E toda a beleza.
Não tema o destino
Que está dentro de você.
Transmite o que se
tem por dentro…
Sem medo, e
Transborda toda a imaginação.
Sua unha gigantesca
A sua camisa preta
Não contém estrela,
Mas você acredita no destino?
Em seu corpo contém o universo,
O livro da vida está dentro de você,
Usa a cabeça, vá em frente
mesmo que o mundo tenha inveja de você,
Uma pequena parcela lhe apoiará.
Contém uma estrela em sua frente
Segue-a sem temer
A estrela marca todo o seu destino…
Sua camisa preta
Marca a escuridão,
Mas a estrela está dentro de você.