Lembrança


Sensível esta a sua visão
Ao seu amanhecer,
O sol penetra por sobre
Os seus olhos, tentando
Mostrar a luz do dia…
Sentia um pesadelo…
Sentia um pesadelo,
Na escuridão da noite,
Mas amanheceu…
O sol tênue com a luz
Entra em seu coração!
A luz do sol tênue
Entro por entre
Os escombros da janela,
Mas em você
Ainda resta um vazio…

Quanto a escrita? Vamos de 3 Poemas


Escreverei Escreverei faísca Quando tudo Estiver de cabeça Pra baixo! Escreverei chamas Para todas as paixões! Escreverei angústia Para todas as nostalgias. Azul e vermelho Não sei se escrevo céus; Não sei se escrevo fogos; Não sei se sinto mares; Não sei se escuto chamas! Tudo é um azul e vermelho Que no fim SeráContinuar lendo “Quanto a escrita? Vamos de 3 Poemas”

Uma Ameaça de Um Novo AI-5 Jamais Vai Conter Uma Sociedade Que Sabe Que Não Tem Nada a Perder


Que o governo saiba, que a luta social é muito mais forte do que se imagina, quando tudo explode não há quem segure os que sabem que não tem mais nada a perder. Quem provoca todo o caos é o próprio Estado, que visa tirar dos que nada tem, que cobra impostos absurdos, que tiraContinuar lendo “Uma Ameaça de Um Novo AI-5 Jamais Vai Conter Uma Sociedade Que Sabe Que Não Tem Nada a Perder”

Valter Bitencourt Júnior: 3 Sonetos (Poemas)


Mesmo que distante Trilhar um longo percurso Na busca da essência. Vê-la distante, e acompanhá-la. Assim… Querer-lhe perto Em cada momento. O desejo faz parte de quem Tanto se quer, e quando Se quer, vai na busca Vou partir… – em sua busca, Somente não sei qual destino tomar. Não desistirei em momento algum. Lá,Continuar lendo “Valter Bitencourt Júnior: 3 Sonetos (Poemas)”

Valter Bitencourt Júnior: 3 Poemas Com o Tema Esperança


Esperança O meu verde Confunde sua visão Quando estou entre as palmeiras Em sua casa, no quebrar de um Copo em vez de azar Levarei esperança Ao seu Sentir sem sorte. A esperança perdida Quem sou? Não sei. Talvez o vento Levou o meu nome. Só não sei pra onde. Nova esperança Onda que vaiContinuar lendo “Valter Bitencourt Júnior: 3 Poemas Com o Tema Esperança”

Valter Bitencourt Júnior: 2 Poemas Escolhidos


Injustiça Vem em forma de bicho feroz, Dirigido por um ser subordinado. Por que devoras sonhos realizados Se a minha vida é o meu trabalho Agora destruído? Joga meus esforços Por água abaixo, Injustiça! Nessa vida me sinto perdido, A maré me sufoca, Os pássaros me beliscam, Os meus olhos já não brilham… O queContinuar lendo “Valter Bitencourt Júnior: 2 Poemas Escolhidos”

Valter Bitencourt Júnior: 6 Poemas Escolhidos


Perfeição Olha a perfeição, Rebolando, Dançando, Cantando, Como se fosse uma rosa, Olha a perfeição rosa, Morta em sua direção como O céu ao vento Olha a perfeição tranquila Beijando o relento. Olha a perfeição vermelha cor De guerra chorando a beleza… Olha a perfeição como o sótão Escuro; como a cortina da noite, Suja;Continuar lendo “Valter Bitencourt Júnior: 6 Poemas Escolhidos”