João Cabral de Melo Neto: A Poesia do Menos


João Cabral de Melo Neto: A Poesia do Menos, com Antonio Carlos Secchin, moderação de João Cesar de Castro Rocha, dia 22/07/2020, às 17h.

100 Anos de João Cabral de Melo Neto – Entrevista Com Antonio Carlos Secchin


100 Anos de João Cabral de Melo Neto – Entrevista Com Antonio Carlos Secchin

Conheça Poesia Inédita de Manuel Bandeira


Antonio Carlos Secchin compartilha pela primeira vez, poesia de Manuel Bandeira, escrita em Teresópolis, no ano de 1966, à escrita foi para a mãe da escritora Lilian Fontes. Segundo Antonio Carlos Secchin, Manuel Bandeira dedicou para o pai de Lilian Fontes, no poema, para evitar atritos e não despertar ciúmes…

Baita de Uma Lembrança do Facebook à Antonio Carlos Secchin


O Facebook lembrou ao poeta e acadêmico da Academia Brasileira de Letras, Antonio Carlos Secchin (Rio de Janeiro, 10 de junho de 1952), uma publicação feita em 23 de abril de 2015, às 13:45. Nessa publicação se encontra a foto que registra o mestre Antonio Carlos Secchin, autografando o livro de autoria dele para o Luiz Alfredo Garcia-Rosa (Rio de Janeiro, 16 de setembro de 1936 – Rio de Janeiro, 16 de abril de 2020).

Se liguem nessa foto, fantástico!


Uma foto antológica. Da esquerda para a direita: Antônio Cícero, Geraldo Carneiro, Paulo Henriques Britto, Adriano Espínola, Antônio Carlos Secchin e Salgado Maranhão. Em Espaço Afluentes Via: Felipe Fleury, no Facebook

Grande Prêmio Cidade do Rio de Janeiro 2019 – Academia Carioca de Letras


Convido para a cerimônia de premiação de Geraldinho Carneiro, 2ª feira, dia 9 de março, às 17h30, na Academia Carioca de Letras – Rua Teixeira de Freitas, 5, sala 306, Centro. Ele ganhou o Prêmio Cidade do Rio de Janeiro, pelo conjunto da obra. Terei o prazer de fazer o discurso de saudação ao poeta.Continuar lendo “Grande Prêmio Cidade do Rio de Janeiro 2019 – Academia Carioca de Letras”

21ª edição da Ocupação Poética


Está chegando a hora! Vem aí a 21ª edição da Ocupação Poética, a primeira de 2020!, que presta sua homenagem à poesia da grande Sandra Niskier Flanzer!