Ganhamos o Ministro da Desvalorização Educacional

Temos o pior ministro da educação de todos os tempos, ele pouco se importa com o ensino, pouco se importa com as escolas públicas e as universidades.

O ministro da educação Abraham Bragança de Vasconcelos Weintraub (Abraham Weintraub), vem mostrando o quanto ele pouco se importa com educação, desvalorizando o grande mestre Paulo Freire, sem sequer ter um mínimo de conhecimento de quem foi o Paulo Freire, e qual foi a importância do Paulo Freire para a educação.

Temos o ministro da desvalorização educacional, é o ministro dos cortes de verbas que seriam destinadas para a escola pública e para as universidades.

Se já estavamos diante a uma grande desvalorização na área educacional, mais ainda vamos ficar no governo Bolsonaro, governo esse que também pouco se importa com educação, pouco se importa também com arte e com a cultura do nosso país.

Anúncios

Davos: Bolsonaro Não Se Distância Dos Demais Representantes de Cada País

Acredito que os representantes de cada país, vai fazer o máximo para mostrar o que há de melhor, e esconder quaisquer tipo de problema que corre dentro do próprio país.

Vender uma boa imagem,  causar uma boa impressão, para atrair investidores, que estejam interessados em investir em ações. Falar de economia, e do que o país precisa numa forma minuciosa.

Bolsonaro por vez deles não vai fazer diferente, ele vai esconder qualquer tipo de assunto que venha a envolver o partido dele (PSL) com a corrupção, não vai falar sobre o filho dele Flávio Bolsonaro e  muito menos sobre o Queiroz, caso venha  a falar vai ser muito ingênuo da parte dele.

Tem de  colocar tudo por debaixo do pano, o mesmo será feito pelos demais representantes dos outros países. Corrupção não ocorre apenas no Brasil, a corrupção faz parte de todo país capitalista.

images.jpeg

 

 

A Corrupção Não Acabou!

   Depois que o dinheiro foi desviado dos cofres públicos, seja qual for o valor, esse recurso jamais vai voltar aos cofres públicos em sua totalidade.

   Dinheiro que por sua vez seria investido na educação, saúde, esporte, infraestrutura… Veio e continua sendo desviado, obras que não acabam, e por sua vez é dada como concluída, empresas também se aproveitando e se beneficiando do dinheiro publico. A sociedade contribue pagando imposto, e por vez dela é roubada, por políticos de diversos partidos, e grandes empresários.

   Muitos dizem que a corrupção é  apenas  do PT, e acabam esquecendo dos outros partidos, que por  vez deles também fizeram parte, e continuam fazendo parte, alguns até tentam esconder a sujeira debaixo do tapete. Os que entraram na política falando que vai acabar com a corrupção, também são corruptos, não há nada de novo na política brasileira, o presidente eleito já fez parte de 8 partidos diferentes (PDC, PP, PPR, PPB, PTB, PFL, PSC e atualmente PSL, ele fez parte do PP duas vezes), incluiu também a família na política.

    Hoje em dia abrimos o jornal, e lemos a polêmica que a família Bolsonaro vem fazendo, o motorista Queiroz sendo a laranja, do Flávio Bolsonaro; Flávio Bolsonaro querendo se esconder atrás do Foro Privilegiado, ministro Luiz Fux atendendo o pedido do Flávio Bolsonaro para parar as investigações contra o Queiroz, 48 depósitos suspeitos na conta de Flavio Bolsonaro, somando quase 100 mil reais. Ano passado durante as eleições, a notícia  corria que o filho do Bolsonaro aumentou o patrimônio em 432% em 4 anos.

    E a corrupção não é apenas do PT, é dos demais partidos também, inclusive do PSL, que tem gente envolvida nos esquemas de corrupção, tenho escrito sobre isso ano passado, e escrevo novamente.

images (1).jpeg

Governo Bolsonaro Quer Matar a Marielle Franco Outra Vez – Deu na Folha de S. Paulo

   Ontem, dia 07 de janeiro de 2019, às 2h, foi publicado um arigo no Folha de S. Paulo, por Antonia Pelegrino e Manoela Miklos, titulado como “Marielle Não Vive“, e de fato é o que vem se passando no governo Bolsonaro, ele pouco vem se importando com a morte da Marielle Franco, sequer tem tido quaisquer tipo de consentimento para  com a família dela.

    É o que eu tenho trazido aqui nesses dias, cobrando ao Bolsonaro, e ao PSL – Partido Social Liberal, que deem a resposta sobre a morte da Marielle Franco, quem a matou, por que a matou… Se a gente calara boca, a mídia por vez dela resolver não falar sobre o caso Marielle Franco, as investigações não demoram a serem deixadas de lado, como muitos casos, que envolve assassinato de políticos, um verdadeiro crime organizado, que requer muita investigação.

images

Temos que continuar pressionando o governo Bolsonaro para que continuem investigando o caso Marielle Franco

   Temos que continuar pressionando o governo Bolsonaro, para que continuem investigando o caso Marielle Franco. Não apenas a Marielle Franco foi assassinada numa forma bruta, quanto o motorista Anderson também foi assassinado, e esse crime foi provocado por gente grande, pois foram mais ou menos 3 milhões de reais para fazer todo o  esquema, e de matá-la, numa forma bruta.

   Muitos querem trazer uma imagem negativa da Marielle Franco, como uma forma de abafar a mídia e as investigações. Não é apenas milicianos e traficantes de drogas que estão envolvidos nesse crime, tem políticos e empresários nesse meio também. Policiais treinados para matar sem deixar vestígios, e diante as investigações temos dúvida até mesmo na polícia. O Rio de Janeiro passou por uma intervenção militar desastrosa!

images (2)

Sobre a Notícia de Que Três Jornalistas Foram Bloqueados no Twitter do Bolsonaro

   Três jornalistas foram bloqueadas no Twitter do Jair Messias Bolsonaro, muitos vem dizendo que é errado, que vai contra a democracia, uma vez eu comentei em uma postagem que seria um “grande favor”, mas mesmo assim eu fiquei pensando, se isso é mesmo certo.

   Toda interrogação vem, devido a ele ser uma figura pública, já seguir ele em todas as minhas redes sociais, não apenas ele quanto os demais candidatos a presidência, para receber as notícias através da rede deles mesmos, em vez de saber através de terceiros. Isso eu faço com diversas figuras públicas, sigo mesmo não gostando, porque sempre tem algo a saber, tanto de bom quanto de ruim, e assim não julgamos, e muito menos ficamos nos achismos.

    Quanto os jornalistas, eles estavam fazendo o trabalho deles, e vivem através disso, coletando informações, para assim transmitir para a sociedade em si. Bloquear um jornalista, significa dificultar o trabalho dele, quanto um profissional, e toda figura pública depende por sua vez dos jornalistas e da imprensa em si.

    A figura pública sem os meios de comunicação, é um verdadeiro nada, ele precisa da mídia, e a mídia por vez dela pode tanto levantar a figura pública quanto derrubá-la.

Fontes:

https://www.google.com/amp/s/www.em.com.br/app/noticia/politica/2018/12/23/interna_politica,1015748/amp.html

https://piaui.folha.uol.com.br/lupa/2018/06/11/pre-candidatos-bloqueiam-twitter/

https://www.google.com/amp/s/www.metropoles.com/brasil/politica-br/apos-bolsonaro-bloquear-jornalista-no-twitter-filho-defende-o-pai/%3famp

https://www.google.com/amp/s/www.revistaforum.com.br/bolsonaro-bloqueia-jornalista-no-twitter-seu-principal-meio-de-comunicacao/amp/

https://www.msn.com/pt-br/noticias/politica/após-bolsonaro-bloquear-jornalista-no-twitter-filho-diz-que-é-piada-acusá-lo-de-calar-imprensa/ar-BBRloih

https://verdimnews.blogspot.com/2018/12/jornalista-do-intercept-foi-bloqueado.html?m=1

images (2).jpeg

Qualquer coisa vinda da boca do Bolsonaro ou da boca dos filhos dele não me causa espanto

   Qualquer coisa vinda da boca do Bolsonaro ou da boca dos filhos dele, não me causa espanto, acredito que ele já falou muita asneira, e o que faz medo é algumas de suas ações, enquanto ele estiver apenas falando tudo bem.

   Medidas que podem comprometer a sociedade é o que ele já vem tomando, muito antes de tomar posse da presidência, quem vai arcar com as consequências somos nós, querem acabar com o Ministério do Trabalho, fazer a união de algumas pastas do ministério, dizendo ser uma medida para diminuir gastos. 

   É exatamente o que ele veio dizendo, em tirar direitos, e gerar mais trabalhos, e isso é o que todo governo quer, e as empresas também, trabalhadores que produzam, que ganhe menos, e que trabalhem e trabalhem. As palavras vindas da boca dele não me causa espanto, o que vem me causando espanto são as ações que ele vem tomando, mesmo sabendo que existe um Sérgio Moro, fazendo parte de um dos ministérios ao convite do próprio Bolsonaro.

   Ele vem mostrando que vai ser um bom governo dos empresários, e não vem mostrando que vai ser o governo do povo, como muitos estão querendo que ele seja, e essa conversa de qualquer coisa “nós tira”, não é bem assim, e mesmo que fosse, o estrago lá em Brasília já pode ser maior do que se imagina.

images (1).jpeg

 

Fascismo Presente na Sociedade

   A gente não faz análise alguma, muitas das vezes olhamos tudo pelo óbvio. Acho engraçado aquelas pessoas falando que na ditadura militar, não foi atingida, porque foi um “cidadão de bem”. Muitos falam que aqueles que foram contra a ditadura militar, foram guerrilheiros, e chamam guerrilheiros de bandidos e assaltantes de banco. Na verdade todos foram vítimas da ditadura militar em alguma forma, mesmo assim alguns querem esconder. Marginalizar as pessoas que foram contra a ditadura militar, é tudo o que eles querem. Se os que lutaram contra a ditadura militar foram “bandidos”, como alguns querem dizer, então milhares de trabalhadores que lutaram pelos seus direitos trabalhistas foram marginais? Até Porque, muitod destes eram recebidos com bala de borracha, eram presos, apanhavam com cacetete, e a polícia caia matando em cima destes, obedecendo as ordens dos seus comandantes e do Estado. E os artistas que foram expulsos do seu próprio país, e muitos foram presos e assassinados, foram marginais? Jornalistas que foram assassinados, foram marginais?

   Hoje em dia falam em legalização de porte de armas de fogo para o “cidadão de bem”, se o cidadão de bem usar a arma para ir contra o Estado opressor, eles serão tidos como “bandidos”. E hoje em dia, muitas manifestações são marginalizadas, por mais que ela tente mostrar que vem sendo uma manifestação pacífica, por exemplo, a manifestação dos caminhoneiros foi marginalizado, pelo Estado, que cobrou das empresas e sindicatos uma multa, para que tudo fosse normalizado, a greve dos petroleiros foi marginalizado, muitos alegando que a greve tinha interesse político, a greve dos professores foi marginalizada, a do motorista e até a dos policiais, e eles mostraram que são muito mais vandalo que muitos manifestantes de outras áreas trabalhista, alguns até levantaram armas para cima, e fizeram coisas que só Deus na causa, mas porque isso? Porque lutar contra o Estado, também requer medidas que chamem a atenção, da mídia, e de toda a sociedade, logo mexendo com o Estado.

   Na ditadura militar, quem tomou o poder foram generais, governos e empresários. A polícia recebia uma merda, para oprimir a sociedade, e até hoje, recebe um salário miserável para continuar oprimindo a sociedade, em defesa do Estado, são também cidadãos pais de família, subordinados para receber ordens dos seus carrascos. E Bolsonaro, jogou a pergunta sobre a ditadura militar para cima da própria Globo, e por fim não respondeu a pergunta feita, da forma que deveria. E naquela época, ou você se aliava, ou se aliava, não tinha alternativa para muitos, inclusive a imprensa, muitos se colocaram como apoiadores da ditadura militar, para não ter seus equipamentos apreendidos, e para não ser preso ou até mesmo assassinados.

   Todos tinham que ter ditadura militar como se fosse algo bom para a sociedade, e o que fez para que isso seja quebrado, foi a ousadia de muitos, que lutaram contra a ditadura militar, teve diversos bancos que financiaram a ditadura militar, alguns faliram e outros conseguiram se manter, a burguesia se sentia protegida, quando cito burguesia, não me refiro a uma classe trabalhadora, e sim a pessoas de condições financeiras, até porque, hoje em dia temos a burguesia que tem uma pequena condição, e que consegue pagar os seus impostos, a Globo emitiu uma nota, e Bolsonaro por vez dele conseguiu sair da pergunta feita.

   Foi uma entrevista estranha, como se estivessem com medo de fazer perguntas, e tudo fosse colocado ao vivo, no ar, como exemplo algo chamado “sonegação de imposto”, algo que existiu demais, principalmente na ditadura, e não é atoa que muitas empresas apoiavam a ditadura e todo o governo e sistema daquela época, até hoje, as empresas vem fazendo isso.

images.jpeg