Viva o mestre Paulo Freire!

Viva, Paulo Freire


A sociedade brasileira tem que se orgulhar dessa grande figura que foi o Paulo Freire, imaginar uma pessoa sendo presa por ensinar os adultos a ler e escrever, não apenas a ler e escrever, quanto a arte de pensar e enxergar o que se passa por volta.

Acordei lembrando do cearense Antônio Fernandes Mendes (Quixeramobim/CE, 1936-2015, Salvador/BA), também uma das vítimas da ditadura militar, sempre quando vejo falarem de Paulo Freire eu lembro desse grande amigo, que passou a morar aqui na Bahia, nos meados da década de 70. Antônio, dava aula aos trabalhadores camponeses fazendo uso do método Paulo Freire, de forma clandestina, no Ceará.

Nenhum Artista Merece a Assinatura De Um Presidente Que Pouco Se Importa Com a Educação Arte e Cultura do Próprio País


O que o presidente Bolsonaro vem fazendo com os artistas brasileiros é constrangedor e super vergonhoso, se a arte e a cultura do nosso país já é desvalorizada pelo Estado, o governo Bolsonaro vem desvalorizando mais ainda. A censura vem batendo na porta de diversos artistas, o governo vem tentando fazer censura até no cinema brasileiro, tem muitos projetos necessitando de apoio para poder ser apresentado para o público e o governo Bolsonaro está fechando as portas para os artistas, que muito luta para apresentar a arte e a cultura para a sociedade em si.

O Chico Buarque, ganhador do Prêmio Camões, não merece essa falta de respeito desse presidente autoritário que vem assumindo a presidência do nosso país. O presidente Bolsonaro, deveria honrar o nome de Chico Buarque, pois o Chico Buarque é um dos nossos maiores compositores brasileiros, que tem feito parte de um movimento que lutou contra a censura em nosso país, movimento esse que ficou conhecido como Tropicalismo. Quem sabe por esse motivo, que o Bolsonaro não quer assinar o diploma do Prêmio Camões para o Chico Buarque, pelo simples fato de que o Bolsonaro é um dos defensores da ditadura militar e da censura em nosso país, tanto que ele vem censurando o cinema e desvalorizando o artista em si, estamos diante a um grande retrocesso nesse governo doentio, vil e desprezível.

Quem não valoriza a arte e a cultura, não valoriza a educação, até porque a arte e a cultura faz parte da educação de todo país.

Nenhum artista merece a assinatura desse governo, ele pouco se importa com o povo, ele pouco se importa com a natureza, ele vem mostrando o quanto é perverso através de cada discurso de ódio que ele faz. O governo Bolsonaro, é esquizofrênico, pois eles dizem que quer acabar com o comunismo e socialismo em nosso país, assim implantando a censura e o abuso de poder como forma de intimidar as pessoas que lutam contra o governo dele.

O governo Bolsonaro, vem nos dividindo mais e mais, joga a sociedade uma contra a outra, joga a sociedade contra a imprensa, distorce notícias e espalha fake news. Esse governo autoritário tem medo dos artistas, tem medo da arte, tem medo da cultura, porque a arte e a cultura transforma, faz a sociedade pensar, faz a sociedade questionar, argumentar, buscar soluções para os problemas, faz a sociedade protestar e manifestar, reivindicar os direitos.

Diante ao que o Bolsonaro vem fazendo em nosso país, mesmo com o cargo que ele vem assumindo, a assinatura dele não vale 1 centavo.

Imagem da internet: Chico Buarque de Hollanda.

Carta Aberta ao Ministro da Justiça Sérgio Moro


Exmo. ministro da justica Sérgio Fernando Moro, é lamentável que esse governo queira ressuscitar a ditadura militar em nosso país. A sua excelentíssima pessoa tem mostrado isso ao pedir que todo o material colhido pelo “suposto hackers”, de Araquara seja destruído, se os hakers cometeram crime a sua excelentíssima pessoa busca cometer crime um maior tentando destruir todo o material colhido pelos hackers.

Isso se chama “queima de arquivo”, típico da ditadura militar, em que queimavam livros em praça pública como forma de esconder informações sobre o que se passava em outros países, como por exemplo as grandes revoluções, a Comuna de Paris e muitas outras revoltas populares. Temos que dar um basta nessas tentativas de retrocesso, a sociedade não merece mais viver no medo, chega de autoritarismo, chega de abuso de poder, isso não pode ser aceitável em nossa atualidade, pois é inadmissível diante ao que muitos vem buscando pregar, que é a democracia, a liberdade de expressão…

E que a gente lute também pela liberdade de imprensa, lamentável que tenha gente do governo pedindo a expulsão do jornalista Glenn Greenwald, que estejam ameaçando os jornalistas do The Intercept, temos que lutarmos contra a censura, o The Intercept não vem agindo na ilegalidade.

Milhares de notícias falsas veio sendo espalhadas, notícias homofóbica, carregadas de preconceito, que visava desfazer do trabalho do Glenn Greenwald, para o The Intercept, assim vazando as conversas do Deltan com a sua excelentissima pessoa. Tentaram desfazer do Glenn Greenwald por ele ser homossexual, casado com David Miranda, do PSOL, criaram fake news acusando o Jean Wyllys de ter vendido o mandato dele ao David Miranda, quando na verdade o Jean Wyllys teve que sair do Brasil devido as ameaças de morte, causada por esse mesmo governo.

Espalhar notícias falsas também é coisa de governo ditador, que busca esconder a realidade do próprio país, assim manipulando o povo através de notícias falsas (joga a sociedade uma contra a outra).

É necessário conhecer a história para não cometer os mesmos erros do passado

Querem acabar com a história, estão destruindo e censurando livros que falam sobre a ditadura militar, estão destruindo livros que aborda a luta pelos nossos direitos, estamos num tempo muito complicado, e não é necessário ser um especialista para ver e falar isso.


   Querem acabar com a história, estão destruindo e censurando livros que falam sobre a ditadura militar, estão destruindo livros que aborda a luta pelos nossos direitos, estamos num tempo muito complicado, e não é necessário ser um especialista para ver e falar isso.
   A ignorância quer tomar conta do país, a hipocrisia, o discurso de ódio a violência quer tomar conta do país, querem meter medo no povo, querem pressioná-lo a fazerem o que não querem, igrejas e empresários querem fazer a cabeça do povo, jogando o povo um contra o outro.
   Querem matar a instrução pública, a escola foi feita para instruir, levar o conhecimento, discutir ideias e não impor ideias, a escola tem de ser livre, onde todos possam ter o direito de se expressar.
   É necessário estudar e conhecer um pouco de tudo, se especializar em algo se for do interesse, é necessário estudar e conhecer um pouco sobre o comunismo, o marxismo, o anarquismo, a republica o coronelismo, a democracia, a ditadura, facismo… É necessário conhecer a história para não cometer os mesmos erros do passado.
images.png
%d blogueiros gostam disto: