Felicidade, Fuga e Nova Esperança

Valter Bitencourt Júnior lendo as poesias de própria autoria “Felicidade, Fuga e Nova Esperança”.


Valter Bitencourt Júnior lendo as poesias de própria autoria “Felicidade, Fuga e Nova Esperança”.

Doar-se: Você Já Foi o Motivo Da Felicidade de Alguém?

 É necessário se doar, para entender o verdadeiro significado do amor. Muitas das vezes o ser se mostra egocêntrico, a vida muitas das vezes torna a pessoa rude ao longo do tempo. Se doar é abrir o coração para o que há de bom. 


   É necessário se doar, para entender o verdadeiro significado do amor. Muitas das vezes o ser se mostra egocêntrico, a vida muitas das vezes torna a pessoa rude ao longo do tempo. Se doar é abrir o coração para o que há de bom.

    Matar a vaidade que há dentro de si, matar o preconceito que há dentro de si, e se doar, para a vida. Se doar, sem querer nada em troca, se doar, e viver a vida (Carpe Diem). Aproveitar o dia de hoje, é saber se doar, para o próximo, para a natureza, para os animais, para o que circula por volta.

    Enxergar o que há de menor, os bons sentimentos cultivar, tudo isso é amor, o amor universal, que parte de um para o outro, o amor fraterno e materno. Se doar é dar um pouco de si, e se curar de todos os males, do ego.

    Plantar o amor e regar todos os dias, cultivar o que há de melhor, bons pensamentos, boas ações, quem você ajudou hoje? Quem você vai ajudar hoje? Você já cuidou de si mesmo hoje? Quem você vai alegrar hoje? Você já foi o motivo da felicidade de alguém?

images

%d blogueiros gostam disto: