Como lidar com os pais mal criados?


Essa pergunta me veio depois que eu li alguns artigos sobre “como lidar com os filhos mal criados”, é claro que eu não vou defender, que as crianças devem serem criadas de qualquer jeito, muito menos eu vou criar métodos de como deve criar uma criança ou de como deve ser um bom pai ou mãe. Cada um cria seus filhos de sua maneira, todos querem o bem de seus filhos em alguma forma.

Surgiu-me outras perguntas, como por exemplo “quem nunca foi criança um dia?”, existe pais que também erram, alguns gritam duas vezes mais o filho para mostrar que tem autoridade sobre ele ou bate em tudo que é canto do corpo do filho, achando que essa é a medida exata para educá-lo.

Existe pais que desconta no filho, o quê aconteceu com ele na infância, na mesma forma que existe pais que educam o filho de forma diferente do que já tem passado na infância. Tem pais que busca dá ao filho tudo o que ele não teve na infância.

Em um certo dia eu estava num bar, quando uma das pessoas perguntaram se eu tinha filhos, eu respondi que não, então essa pessoa falou que eu necessito ter um filho, porque isso me ajudaria a ter mais responsabilidade. Segundo a essa pessoa ela tinha um filho, separou-se da esposa, hoje em dia paga a pensão do filho. Eu fiquei refletindo “ser pai significa ter a responsabilidade de pagar a pensão do filho?”, eu não sou pai, mas uma coisa eu tenho em mente, ser pai é muito mais do que pagar a pensão do filho.

Acredito que pai e mãe é aquele que cuida e por sua vez busca está presente em todo momento, uma separação pode causar sérios problemas na mente de uma criança. Tem pai que joga o filho contra a mãe e tem mãe que joga o filho contra o pai, existe filho que sofre diversas pressões psicológicas de ambos os lados.

Finalizo por minha vez fazendo duas perguntas, uma é a que eu vi em alguns artigos “como lidar com os filhos mal criados” e a outra é a que veio em minha mente “como lidar com os pais mal criados?”.

A Corrupção Não Acabou!


   Depois que o dinheiro foi desviado dos cofres públicos, seja qual for o valor, esse recurso jamais vai voltar aos cofres públicos em sua totalidade.

   Dinheiro que por sua vez seria investido na educação, saúde, esporte, infraestrutura… Veio e continua sendo desviado, obras que não acabam, e por sua vez é dada como concluída, empresas também se aproveitando e se beneficiando do dinheiro publico. A sociedade contribue pagando imposto, e por vez dela é roubada, por políticos de diversos partidos, e grandes empresários.

   Muitos dizem que a corrupção é  apenas  do PT, e acabam esquecendo dos outros partidos, que por  vez deles também fizeram parte, e continuam fazendo parte, alguns até tentam esconder a sujeira debaixo do tapete. Os que entraram na política falando que vai acabar com a corrupção, também são corruptos, não há nada de novo na política brasileira, o presidente eleito já fez parte de 8 partidos diferentes (PDC, PP, PPR, PPB, PTB, PFL, PSC e atualmente PSL, ele fez parte do PP duas vezes), incluiu também a família na política.

    Hoje em dia abrimos o jornal, e lemos a polêmica que a família Bolsonaro vem fazendo, o motorista Queiroz sendo a laranja, do Flávio Bolsonaro; Flávio Bolsonaro querendo se esconder atrás do Foro Privilegiado, ministro Luiz Fux atendendo o pedido do Flávio Bolsonaro para parar as investigações contra o Queiroz, 48 depósitos suspeitos na conta de Flavio Bolsonaro, somando quase 100 mil reais. Ano passado durante as eleições, a notícia  corria que o filho do Bolsonaro aumentou o patrimônio em 432% em 4 anos.

    E a corrupção não é apenas do PT, é dos demais partidos também, inclusive do PSL, que tem gente envolvida nos esquemas de corrupção, tenho escrito sobre isso ano passado, e escrevo novamente.

images (1).jpeg