Família


Para cada encanto uma flor
Um nevoeiro na visão
Cortinas estampada
Neblina e laço
De amor.
Vermelha flor
A brotar do botão.
Há plantas que morrem
Para se renovar
Há seres que vivem
Para morrer e reviver
Num simples riso
A transbordar.
Somos uma árvore
Genealógica
Velha árvore
A trazer frutos
E novas gerações.

O dia raiou


A flor no chão,
A flor… Oh! Querida,
Era para ti, era…
O mundo virado,
Virado… O mundo!
Guerra no ar,
O teu lenço no chão,
No chão… Trêmula
Está. Mãe carrega
O meu ser em teus braços.
Carregue… Quero viajar
No mundo dos sonhos.
Viaja meu bem
Para todo lugar
Caminha no além
Vamos voar.
Pego a flor, e pego o lenço
Umedecido.