Valdeck Almeida de Jesus, trouxe algo para lá de interessante no jornal A Voz da Favela, com o título “Poeta ou Poetisa?”


Valdeck Almeida de Jesus, trouxe algo para lá de interessante no jornal A Voz da Favela, com o título “Poeta ou Poetisa?”: Poeta é substantivo se origem latina e grega. Poetisa é derivado (correspondente feminino) com o sufixo “isa”. “Designar a mulher como poetisa é diminuí-la intelectualmente. Eu mesma me intitulo poeta e acho desnecessárioContinuar lendo “Valdeck Almeida de Jesus, trouxe algo para lá de interessante no jornal A Voz da Favela, com o título “Poeta ou Poetisa?””

Numa época difícil o jornal “O Inimigo do Rei” fez muita história aqui na Bahia e em várias localidades do Brasil


Numa época difícil, o jornal O Inimigo do Rei, fez muita história aqui na Bahia e em várias localidades do Brasil.

Adquiram livros da autoria de Valter Bitencourt Júnior


Na amazon já se encontram 5 livros da minha autoria publicado, para quem estiver interessado em comprar, é só acessar o link: https://www.amazon.com.br/gp/aw/s/ref=nb_sb_noss?n=9634157011&n=9634157011&k=valter+bitencourt+júnior livros em e-book nks melhores preços, você pode adquirir tanto o livro em e-book quanto o impresso! Tenho 2 livros publicados atraves do Clube de Autores, acesse o link e adquira o seu: https://www.clubedeautores.com.br/books/search?utf8=✓&where=books&what=Valter+Bitencourt+Júnior&sort=&topic_id=Continuar lendo “Adquiram livros da autoria de Valter Bitencourt Júnior”

Jogo de xadrez


   A “sociedade brasileira” se encontra num jogo de xadres, na política “brasileira”, a briga entre a direita e a esquerda; cada um defendendo seus interesses, assim como também a defesa pelo seu partido favorito, cada um com seu “santo”. Lastimável que a sociedade persista a defender aqueles que se  encontram no plenário e aquelesContinuar lendo “Jogo de xadrez”

Falando um pouco da literatura brasileira, parte de meus estudos…


Aprendi a amar a literatura, gosto da literatura brasileira e a sua história, do quinhentismo ao contemporâneo. Admiro a história da literatura brasileira assim como o surgimento e origem do povo brasileiro, apesar de todo o confronto que teve devido a escravização e a injustiça social que vivemos pelos colonizadores, que tinha por interesse de tornar o Brasil coroa parte da coroa de Portugal, da descoberta do povo brasileiro em 1500 para o surgimento dos povos brasileiros e suas formações em 1530.

Discurso – “Valter Bitencourt Júnior, consagrando-se membro da Academia de Letras de Teófilo Otoni”


Eu, Valter Bitencourt Júnior, só tenho a agradecer, por poder fazer parte da Academia Teófilo Otoni, pois juventude aprenda a explorar o melhor que se é oferecido, para a vida, e desfrute na melhor forma possível, brigue pelos os direitos, e sempre busque, o jovem por sua vez tem que aprender a ser protagonista. Cada ser tem um destino, e o meu destino são as palavras, assim como o meu trabalho, no qual busco a desenvolver, na melhor forma possível, para que no meu futuro fique a minha história, e que a minha história de vida não seja uma história qualquer, que também tenha os seus segredos, e mistérios.

Livro: Visões da Crise


O livro Visões da Crise foi organizado por Adhemar dos Santos Mineiro, Luiz Antônio Elias, César Benjamin e tem como contraponto a CORECON-RJ (Conselho Regional de Economia do Rio de Janeiro), SINDECON-RJ (Sindicato dos Economistas do Rio de Janeiro), IERJ(Instituto dos Economistas do Rio de Janeiro), com projeto gráfico feito por Regina Ferraz, revisão tipográfica feita por Tereza da Rocha, trata-se de uma primeira edição de outubro de 1998, com uma tiragem de 3000 exemplares, foto da capa feita por Pedro Lobo.