Abaixo a Ditadura


Nosso país sempre foi golpeado e a ditadura militar foi também um golpe, muita gente foi massacrada pela ditadura militar, e hoje temos de conhecer mais a história do nosso país, ler com mais assiduidade o que já se tem passado em nosso país, pra que não aconteça o que já aconteceu anos atrás, para que nos previnamos, para que a gente tenha força, ler é indispensável. Os ditadores do estado buscavam acabar com os arquivos, fazia o máximo para destruir tudo aquilo que pudesse levar ao povo o conhecimento, tanto que eles queimavam livros em praça publica, e não apenas queimavam livros como também obrigava a escritores a saírem da sua terra natal pra outro estado ou outro país, alguns eram agredidos, outros assassinados, já vivemos em tempo de chumbo, não apenas escritores, poetas, compositores, cantores, como também jornalistas sofriam com a censura em nosso país, trabalhadores não tinham o direito de fazer manifestações para cobrar os seus direitos, para o estado todos tinham de trabalhar e não reclamar, pagar o imposto sempre foi uma obrigação (até nos dias atuais). Hoje muita coisa mudou, vivemos numa ditadura camuflada, numa “democracia” com a presença de governantes, de polícia do Estado, continuamos divididos em classes, e não estamos longes de sofrer mais uma intervenção militar, e a intervenção militar é tudo aquilo o que a burguesia quer, assim como boa parte da mídia, porque muitos conseguiram se beneficiarem com isso, menos a sociedade, que busca trabalhar para o sustento de cada dia, muitas das vezes sem o direito de lazer (E que lazer a sociedade tem com o salário mínimo, diante ao imposto que paga?). Ainda temos de continuar lutando, houve mais um golpe para aqueles que acreditam na democracia, passaram por cima da sociedade e elegeram um presidente que não veio através do voto da sociedade, manipularam todos, colocaram no poder um presidente que não merecemos, que busca burlar nossos direitos, temos de continuar nos organizando, o povo tem de saber e fazer uso do poder que tem, ainda acredito do povo pelo povo, e aqueles que nos governa tem medo de uma sociedade consciente, não investem na instrução pública, querem que limpemos a sujeira que eles fazem, querem que sejamos servos do estado, escravizam nos pela nossa necessidade de consumo. Que abramos os olhos ABAIXO A DITADURA!

images

O Juiz é Doente?


Em pleno século XXI ainda encontramos pessoas de mente pequena que sustenta o preconceito, o racismo, a xenofobia, a homofobia… E quanto mais se busca derrubar barreriras, mais ainda buscam alimentar o conservadorismo, em nossa sociedade, esse e o caso de um juiz que aprova uma lei que ver a homossexualidade como uma doença, a sociedade não tem o direito de escolha sexual, não tem o direito de escolher se quer ter relação com uma pessoa de sexo oposto ou do mesmo sexo.

E isso não vem de agora, a restrição e o preconceito contra a homossexualidade vem desde os antepassados, onde encontrava-se e ainda se encontra caso de linchamento, e até mesmo morte se homossexuais, o estado busca por limite, busca colocar ordem onde não necessita colocar ordem.

A sociedade é maior, e é a sociedade que tem de falar mais auto que a lei, e temos de dizer abaixo ao estado capitalista, ao estado racista, ao estado preconceituoso, ao estado que censura, ao estado que marginaliza. Temos que ter cuidado com o martelo do juiz, com o que eles aprovam e muitas das vezes a gente acredita que eles estão certos por serem juiz, o juiz que também comete sérios erros, e que a sociedade muitas vezes ficam calada. A sociedade tem de ficar esperta. Um país como o nosso em tempo de crise, onde encontra-se políticos corruptos em tudo que é parte, temos muito mais a se preocupar, temos que levar a amor em vez de ódio, respeitar nossos semelhantes a cima de tudo.

A doença se encontra no juiz, até porque é desumano ir contra aqueles que por sua vez tem a opção de optar pela sua sexualidade, não é todo mundo que é capaz de ser homossexual, e não é todo mundo que é capaz de assumir a homossexualidade, são poucos que assumem, inclusive cantores, pessoas com nomes consagrado, como por exemplo o Rick Martin, que assumiu a homossexualidade depois de longos anos de carreira, onde todos o viam como “o cara”.

Postagem original: 19 de Setembro de 2017.

0f38dbcd63fda14827973059cc74f9c1

%d blogueiros gostam disto: