A mulher e o homem

A mulher e o homem

Ás mulheres precisam de amor e carinho,
E em questão de segundos milhares são agredidas,
Em cada 2h morre uma, duas
E quem sabe mais,
E a rosa apanha, e por entre os espinhos
As suas dores.
E o homem não aprendeu
A respeitá-la como se elas fossem uma flor.
Tratando-se de sexo, muitos mostram da sua espécie um objeto, e assim apontam
As letras de músicas da minha atualidade,
Seguida de rótulos e marcas de bebidas alcoólicas.
E a poesia não mais encontra a sua sensualidade e beleza,
Diante a insensibilidade daqueles que
Leem e as tocam prá sentir as palavras,
Ver as imagens, prá ouvir o som,
E o ritmo (que não mais aparece – os poetas
Se suicidam e assassinam à escrita).
Quem disse que mulher é sexo frágil?
E quem não sabe que Amélia era mulher de verdade?
Assassinaram também o romantismo,
Mataram as rosas, e não existe mais chocolate,
E muito menos uma taça de vinho,
Não contemplam da noite o luar.
E a mulher torna o mundo mais belo,
E sem ela o homem é apenas um ser bruto,
E temos de lapidar o nosso ser
– Pra nossa racionalidade.

Valter Bitencourt Júnior


Ás mulheres precisam de amor e carinho,
E em questão de segundos milhares são agredidas,
Em cada 2h morre uma, duas
E quem sabe mais,
E a rosa apanha, e por entre os espinhos
As suas dores.
E o homem não aprendeu
A respeitá-la como se elas fossem uma flor.
Tratando-se de sexo, muitos mostram da sua espécie um objeto, e assim apontam
As letras de músicas da minha atualidade,
Seguida de rótulos e marcas de bebidas alcoólicas.
E a poesia não mais encontra a sua sensualidade e beleza,
Diante a insensibilidade daqueles que
Leem e as tocam prá sentir as palavras,
Ver as imagens, prá ouvir o som,
E o ritmo (que não mais aparece – os poetas
Se suicidam e assassinam à escrita).
Quem disse que mulher é sexo frágil?
E quem não sabe que Amélia era mulher de verdade?
Assassinaram também o romantismo,
Mataram as rosas, e não existe mais chocolate,
E muito menos uma taça de vinho,
Não contemplam da noite o luar.
E a mulher torna o mundo mais belo,
E sem ela o homem é apenas um ser bruto,
E temos de lapidar o nosso ser

-Pra nossa racionalidade.

A Ignorância Mata o Homem

 A ignorância mata o homem, numa conversa estavam “falando sobre o urologista”, e em seguida uma das pessoas se dirigiu a minha pessoa, e disse – urologista é ruim tem de receber “dedada”, para concluir falou o “né?” de interrogação, tive a resposta de que “o que importa é a saúde”, e tenho a ciência de que o urologista tem muitas outras funções, desde quando sabemos que podemos ter um câncer de próstata, e temos a capacidade de nos curar, por que não se submeter ao exame de próstata, antes que a situação agrave? O urologista tem muitas outras funções que nós homens desconhecemos, certo é a mulher que sempre vai ao ginecologista, pois ela sempre se cuida.


   A ignorância mata o homem, numa conversa estavam “falando sobre o urologista”, e em seguida uma das pessoas se dirigiu a minha pessoa, e disse – urologista é ruim tem de receber “dedada”, para concluir falou o “né?” de interrogação, tive a resposta de que “o que importa é a saúde”, e tenho a ciência de que o urologista tem muitas outras funções, desde quando sabemos que podemos ter um câncer de próstata, e temos a capacidade de nos curar, por que não se submeter ao exame de próstata, antes que a situação agrave? O urologista tem muitas outras funções que nós homens desconhecemos, certo é a mulher que sempre vai ao ginecologista, pois ela sempre se cuida.

   Quem sabe pela minha idade, por ele ter uma idade mais avançada a minha, ele deveria acreditar que eu ia falar, você é louco, quero saber disso nada, coisa disso e daquilo. E assim fez a pessoa, uma mulher balançou a cabeça, como se o apoiasse, de que ele não tem de se submeter ao urologista, e como se condenasse as minhas palavras, então foi a única resposta que dei “o que importa é a saúde”.

   Fiquei pensando em outras questões, como por exemplo a vasectomia, para o homem ele não tem de fazer a vasectomia, pois para muitos é a mulher que tem de se submeter a laqueadura. Para alguns homens quem faz a vasectomia perde a masculinidade, lembrei em algumas conversas de algumas pessoas num bar, onde um estava zoando o outro, teve um que disse que fez a vasectomia, alguns olhou de cima a baixo, e mesmo assim jogou duro, que homem que é homem não faz vasectomia, e isso e aquilo, que não é certo, é a mulher que tem de ligar as trompas.

   É a ignorância, o machismo, torna qualquer espécie em verdadeiros idiotas, e desinformado.

Aparelho genital masculino
Aparelho genital masculino.

A mulher


Quem muito lutou
Para conquistar
Seus direitos
Quem muito
Lutou
Para ser respeitada
Quem muito lutou
Para ser amada
Quem muito lutou
Para ser mulher
E a mulher
Que sempre foi
Quem é digna
De todo respeito
A mulher esse ser
Especial
Complemento
Do homem
Mas sem dono
Faz parte do homem
Mas não tem dono
Porque a mulher tem
A sua autonomia
Tem a sua elegância
Tem a sua beleza
Tem o seu poder.
A mulher é vida
E o homem
Faz parte da mulher
Assim como
A mulher faz parte
Do homem.

unnamed

%d blogueiros gostam disto: