Das sete faces do desprezo


Das sete faces do desprezo
A Carlos Drummond de Andrade

Quando eu nasci, não teve sequer um anjo torto
Que me dissesse que a vida não é
Tão fácil o quanto parece ser
Disse: Vai, Valter, ser baiano na vida.

Ladeiras faz bem ao coração
Jovens apaixonados na esquina
Dizendo que não se apega a ninguém.
A tarde de puro sol, o perigo
É imprevisível mesmo que o dia
Seja azul.

O ser vestido de uniforme
Vai trabalhar no ônibus lotado
Sequer sabe se vai ser assaltado,
Acha que tem muitos amigos
No fim de semana.
O ser vestido de uniforme,
Mal sabe quando vai quebrar a cara.

Meu Deus, que sociedade de muita fé,
Que muito chama pelo Senhor,
Pessoas de muita fé e pouco amor.

Mundo mundo vasto mundo
Se eu me chamasse Carlos,
Eu seria outro poeta (?)
Nesse mundo vasto
Que maltrata meu coração.
Mundo mundo vasto mundo
Chega de ilusão?

Eu bem que vou dizer,
Esse mundo cheio de gente eu solitário
Em meu ego e vaidade
Vou me afogando
Sem sequer um abraço!

Valter Bitencourt Júnior, Salvador, Bahia, Brasil.

Siga o seu coração


Não quero ficar por baixoE nem ficar por cimaSó quero mostra-lheQue dentre esse seu ser excessivoO excesso não a levará a nadaA não ser ao piorA desgraça não vem só pro pobre,Mas também para o ricoDo seu ser sem amorNão há proveito.Mudarei os meus passosQue fazem tempestades, redemoinhos,Furacões…Para um novo caminhoQue faça o brancoSe transformarContinuar lendo “Siga o seu coração”

Valter Bitencourt Júnior lendo poesia da própria autoria “Perfeição”


Livro: Toque de Acalanto


Adquira o livro, Toque de Acalanto, livro da minha autoria (Valter Bitencourt Júnior), publicado em 2017, através  do Clube de Autores, no livro você vai encontrar mais de 100 poesias, poesias de 2009 à 2011.

Discurso – “Valter Bitencourt Júnior, consagrando-se membro da Academia de Letras de Teófilo Otoni”


Eu, Valter Bitencourt Júnior, só tenho a agradecer, por poder fazer parte da Academia Teófilo Otoni, pois juventude aprenda a explorar o melhor que se é oferecido, para a vida, e desfrute na melhor forma possível, brigue pelos os direitos, e sempre busque, o jovem por sua vez tem que aprender a ser protagonista. Cada ser tem um destino, e o meu destino são as palavras, assim como o meu trabalho, no qual busco a desenvolver, na melhor forma possível, para que no meu futuro fique a minha história, e que a minha história de vida não seja uma história qualquer, que também tenha os seus segredos, e mistérios.